Região Sul de São Tomé

Região Sul de São Tomé

Roça Água Izé foi a primeira roça a acolher o cultivo de cacau em São Tomé, com maiores plantações e mais avançadas tecnologicamente, possuía um cais próprio para exportação do cacau e uma extensa linha férrea; Boca de Inferno é um outro dos pontos de interesse próximo de Água Izé (aqui pode-se apreciar as águas do mar contra a ravina que tem uma espécie de uma gruta com dois buracos, criando um efeito de repuxo de água a ferver que sai do solo); a Roça São João, turismo, ecologia e cultura é um antigo hospital que foi transformado em Residências Artísticas e os armazéns em Galeria de Arte; São João dos Angolares berço do povo angolar que, segundo se crê, ser descendente de escravos provenientes de Angola, naufragados nas Sete; Cascata Mionga onde o rio se encontra com o mar; o mítico Pico Cão Grande uma pedra gigantesca, de quase 1000 metros, que irrompe na paisagem do sul. As praias do Sul são as mais paradisíacas da ilha, começam pela Praia Piscina, Praia Inhame Resort ecológico, ali pode-se fazer a travessia de barco para o Ilhéu das rolas, e também um projecto de preservação de tartarugas; Praia Jalé tal como a Praia Inhame, pode-se fazer observação das tartarugas; Ilhéu das Rolas – (no centro do mundo) pequeno pedaço de terra muito verde, o cenário é paradisíaco, percorre-se miradouros de panorâmicas diferentes; a rota das baleias é as principais atracções durante o período de migração (Setembro-Dezembro), o Marco da linha do Equador, localiza-se cerca de meia hora em caminho íngreme, um planisfério em mosaicos e um marco que assinalam a linha do Equador mostrando o centro do mundo, aí pode-se estar simultaneamente nos dois hemisférios.