Ilha do Príncipe

o que fazer

Na Ilha do Príncipe

A Ilha do Príncipe é a segunda maior ilha do arquipélago de São Tomé e Príncipe, que é constituída por duas ilhas principais, ambas pertencentes à linha vulcânica dos Camarões.
Administrativamente, esta ilha constitui-se desde 29 de abril de 1995, uma região autónoma. A ilha tem uma área de 150km2 e uma população estimada em 7,324, habitantes sendo a capital Santo António. A Ilha do Príncipe ocupa sensivelmente 14,2% do território emerso de STP, a distância entre as duas ilhas é de 140km.

Com 31 milhões de anos, Príncipe é a primeira reserva mundial da Biosfera pela UNESCO do arquipélago são-tomense, e passou a ser a primeira reserva africana a integrar na rede mundial da biosfera costeira, provado que a relação entre o homem e a natureza é sustentável.

O território tem uma presença imponente de áreas naturais, com cerca de 50% da superfície da ilha incluída no Parque Natural Obô. A Ilha do Príncipe apresenta uma grande biodiversidade quer em termos de ecossistemas, quer termos de endemismos, e constitui como um autêntico património mundial.
A Reserva Mundial da Biosfera do Príncipe possui uma área de cerca de 715,93km2 cinco vezes a superfície da ilha, e compreende toda a superfície submersa da ilha, seus ilhéus (portinho, boné de jóquei e ilhas tinhosas) e a componente marinha.

A RAP caracteriza-se então como um território de forte expressão rural, com baixa densidade populacional, afetado na sua acessibilidade pela sua dupla insularidade. É na zona norte da ilha que se concentra a grande maioria da vida social e económica, com áreas humanizadas e agrícolas.
A Ilha do Príncipe apresenta enormes potencialidades turística, pois apesar de existir um elevado numero de ilhas tropicas, a verdade é que grande parte delas já se encontra sobre explorada, oque não acontece com a Ilha do Príncipe.